terça-feira, 28 de junho de 2016

Visita ao Chelsea Flower Show 2016

Paeonia"Morning Lilac" e Aquilegia chrysantha "Yellow Queen"
Gentiana pilosa, Veronica gentianoides, Erodium "Bishop's Forum", "Album" e E."Flore Pleno"
Digitalis heywoodii e Paeonia intersectional (Itoh)
Echium pininana ao fundo
Erigeron, Saxifraga, Scilla peruviana

Mecanopsis "Mildred", Primula prolifera, Trollius europaeus
Ampshire Carnivorous Plants
Astrantia "Star of Passion" e  Dicentera "Valentine"
Verbascum, Geum "Totally Tangerine", Centaurea "Amethyst on Ice" 
Heuchera "Brass Lanterns", Trollius x cultorum "New Moon"
Dodecatheon, Primula sikkimensis, Corydalis "China blue"
Hacquetia, Epimidium lishihchenii, Erythronium californicum
Floral Marquee
Digitalis purpurea, Valeriana officinalis
 Design por Nic Howard
The British Eccentrics Garden
Digitalis, Salvia "Caradonna" Eremurus, Achillea "Moonshine"
Talvez o meu preferido: The Winton Beauty of Mathematics Garden
Faz agora um mês que visitei o Chelsea Flower Show. Foi a minha primeira vez neste tipo de evento e muito agradeço a um amigo que me arranjou um bilhete e assim entrei sem pagar a entrada, que aliás é bastante cara.   

É difícil explicar Chelsea Flower Show depois de se ter estado lá. Sem duvida de que se trata do bom gosto britânico levado ao extremo, muitas vezes chegando a ser quase "ofensivo" o grau de detalhe e sofisticação. Outras vezes, quase a roçar o presunçoso e o exagero. É complicado absorver toda a exposição tal a constante chamada de atenção, existem plantas de altíssima qualidade a cada olhar e temos vontade de ter tudo. Somos invadidos pela estranha sensação da "criança na loja de brinquedos". Por outro lado, fiquei a ter uma melhor noção do quão artificial é a plantação na maioria das propostas apresentadas, e é mesmo isso que são, apenas "show gardens", na pratica dificilmente funcionam fora desta  montagem artificial.

Destaco a Digitalis mariana subsp. heywoodii, planta originaria de Portugal, pode ser encontrada no Sul do país e é algo rara. Ao contrario da Digitalis purpurea que toda a gente conhece em Portugal como dedaleira, esta Digitalis tem folhas prateadas cobertas de pilosidade, planta de grande elegância e que merece um lugar nos nossos jardins. Outra Planta que destaco, a Semiaquilegia, planta de bosques na China, que se distingue da vulgar Aquilegia por apresentar flores mais pequenas e sem as características "esporas". É uma planta muito fina e que em principio se dará bem no meu jardim em Portugal. Uma delas veio comigo!   

Outra planta que adorei foi a Trollius cultorum "New Moon", mas infelizmente acho que será difícil de se estabelecer no meu jardim dadas as condições de secura no Verão. Uma ultima chamada de atenção para uma planta, que essa sim, se encontrará perfeitamente à vontade em solo luso, a magnifica Anchusa "London Royalist". que este ano se encontrava muito em evidencia em Chelsea. Gosta de solos com boa drenagem e aguenta bem a secura do verão. Está em flor durante vários meses. 

Semiaquilegia ecalcarata já em casa
https://www.rhs.org.uk/shows-events/rhs-chelsea-flower-show/Gardens/2016/The-Harrods-British-Eccentrics-Garden
http://www.flora-on.pt/index.php#/1Digitalis+mariana