quinta-feira, 4 de junho de 2015

Manhã de Junho.

 Echinops, Nassella  e Perovskia
Cynara, Stachys e Carex pendula.
Echinops ritro, Nassella tenuissima e Perovskia "Blue Spire"
Rosa e Stachys
Stachys lanata, Nassella tenuissima 
Allium, Festuca, Salvia officinalis
Vista do jardim
Echinops 
Cynara, Stachys, Lychnis coronaria, Verbena bonariensis e Dahlia

Dahlia "Franz Kafka"
Hydrangea macrophylla
Rosa e Alstroemeria 
Achantus mollis e Alstroemeria
Vista do jardim de manhã
Stachys lanata e Nessela
Eryngium e Nessela
Lychnis, Eryngium planum e Nessella tenuissima
Echinops ritro e Perovskia
Echinops ritro
Dahlia, Lychnis, Cynara , Verbena e Stachys
Dahlia, Lychnis coronaria, Verbena e Stachys
Lychnis e verbena bonariensis 
Achillea filipendulina
Stachys, Nessela e Nigella damascena

Nigella damascena  e Punica granatum
Echinops ritro, Perovskia e Achilea filipendulina

Manhã de Junho no meu jardim, palavras para quê? Junho é o mês de início das grandes florações, em que a maioria das vivazes se revela ao fim de tanto tempo. É uma altura bastante aguardada por mim, e este ano, apesar de algumas decepções, penso que o resultado global é bastante compensador. 

Destaco a Eryngium planum e o facto de que as plantas que surgem por semente se têm revelado muito mais resistentes às condições de secura no Verão. Parecem saber exactamente qual o melhor sitio do jardim para se propagarem.


sábado, 30 de maio de 2015

Cores do Maio




Cichorium  



Anchusa azurea


Spiraea japonica
Gaura e Spiraea japonica

Maio nos campos e nos jardins, quando de repente se sente o Verão e a passos largos nos aproximamos do solstício. A natureza é exuberante nesta altura, e é nos prados que se podem observar as cores de Maio no seu máximo esplendor: agora são os azuis da chicória (Cichorium) e Anchusa. Nos jardins são as rosas, os cravos...mas também espécies inovadoras como a bela Gaura e a Spiraea japonica, em floração durante longas semanas...

terça-feira, 12 de maio de 2015

Maduro Maio.





Gladiolus italicus




Maio! Prados de flores e espigas ao sol...que mais se pode pedir destes dias de final de Primavera? Já cheira a Verão...


segunda-feira, 4 de maio de 2015

Início de Maio no Botânico

Lago da "Classe"
Campanula 
Aquillegia

Aquillegia canadensis

Ranunculus repens

Paeonia delavayi

Virbunum plicatum
Geum urbanum
Rosa
Nymphea
Nymphea
Salvia mexicana
Cynara cardunculus
Cynara humilis
Symphytum officinale
Borago officinalis
Geranium sanguineum
Dianella tasmanica, família Xanthorrhoeaceae
Campanula
Phlomis tuberosa

Sambucus nigra, família Adoxaceae

Algumas das coisas que foi possível encontrar no Jardim Botânico da Universidade de Lisboa no ultimo fim-de-semana. Início de Maio significam novas cores, novas plantas em floração. 

Destaco dois arbusto/árvores: o Virbunum plicatum e Sambucus nigra, ambos pertencentes à mesma família Adoxaceae.