Pleno Verão

Echinacea purpurea, Achillea 'Cerise Queen', Phlomis russeliana

Ondas de perenes ao sol de Julho fazem o tempo de um Verão que tem sido algo ameno e decididamente menos quente do que os anteriores. Julho e Agosto são o Verão em pleno e marcam o auge das secções mais expostas do jardim. É o tempo das vivazes mostrarem as suas cores mais vibrantes e o jardim acompanha este ritmo mostrando-se generoso e pleno de graciosidade. Na frente do jardim de primavera  as cores da estação estival são sobretudo o amarelo e o azul, uma combinação contrastante que é expressa, por exemplo, nas Achillea filipendulina e nas Echinops ritro. É nesta parte do jardim que se forma um bloco de plantas que se elevam como uma vaga cromática para alegrar e afastar qualquer nostalgia do jardineiro veraneante. 

 Echinops ritro, Perovskia 'Blue Spire', Verbascum 'Banana Custard', V. olympicum, Ammi, Nassela tenuissima

 No jardim das rosas em Julho

Eryngium giganteum 'Miss Willmott's Ghost' com Ammi e Penstemon 'Garnet'

 Texturas no jardim seco

Miscanthus 'Zebrinus' Achillea filipendulina, Echinops ritro

Cotinus, Ammi, Phlomis, Penstemon, Eryngium giganteum, Verbascum

Jardim seco: Phlomis fruticosa, Nassela tenuissima, Stachys lanata, Nepeta tuberosa

Ageratina 'Chocolate', Achillea 'Cerise Queen' e Echinacea purpurea.

perspectiva da bordadura azul e amarela

Solidago canadensis

Uma das estrelas desta época do ano é o Eryngium giganteum, que de forma audaz se destaca entre a plantação. As suas flores cinza-prateado envolvidas por brácteas azuladas representam um belo contraste. É uma planta bienal com origem no Cáucaso e tem uma boa resistência à secura, embora prefira alguma humidade na altura em que está em desenvolvimento. Tal como muitas plantas da família Apiaceae, só produz flor quando desenvolve uma raiz apical com um tamanho capaz de sustentar a floração - tenho verificado que nem sempre isso acontece durante o primeiro ano da planta, necessitando muitas vezes de um ano extra para florir no meu jardim. Requer igualmente uma boa exposição solar para chegar a dar flor, sendo que aqueles que nascem nas áreas mais sombrias nunca são capazes de florir. Produz muita e bastante fecunda semente, que facilmente se espalha pelos canteiros. A variedade que tenho em cultivo pretende homenagear a botânica e aficionada de jardins Ellen willmott, que tinha como habito espalhar a semente deste Eryngium pelos jardins dos amigos e vizinhos.   

 Julho 2019

Comentários

  1. Miss Willmott's Ghost - I am tempted to grow that for the inspiring name.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Very dramatic plant and it's really big! You should try it Diana, I'm sure it will grow well in your garden too.

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares